Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Redemption

Muito sobre nada! Ou nada sobre muito! Depende sempre da perspectiva de quem lê!!!!

Redemption

Indignação - Finanças

Ontem nem consegui vir aqui ao meu mundo dos blogs!

Tive um dia complicado por causa de um problema com o Serviço de Finanças!

É que pensava eu que vivia num estado de direito, no qual os cidadãos tinham deveres mas também tinham direitos!

Mas após isto cheguei à conclusão que tenho vivido num mundo imaginário!

Imaginem que compram um carro usado em 2012.

Imaginem que vão à Conservatória do Registo Automóvel nessa data e que registam o carro em vosso nome, sem nenhum tipo de problemas.

Imaginem que desde essa data têm pago o IUC religiosamente dentro do prazo.

Agora imaginem que recebem uma notificação do serviço de finanças a exigir o pagamento do IUC e respetivas coimas dos anos 2009, 2010 e 2011, referentes ao antigo proprietário!

E para cúmulo da imaginação dão-vos 10 dias para proceder ao pagamento, sob pena de apreenderem o carro e os documentos!

Não me dão prazo para eu me pronunciar, para me defender, nada...apenas um TEM DE PAGAR!

É que convém vos dizer que nunca antes tinha sido chamada a este processo, nem tenho contra mim qualquer divida fiscal!

Então como pode ser??? Já vos ouço a esta hora a perguntar!

Pelo visto a autoridade tributária e aduaneira pode tudo!

Faço uma contestação à notificação à qual não respondem e disseram-me telefonicamente que nem vão responder!

Há uma semana que a policia de todo o pais já foi notificada para me apreender o carro!

Não posso circular com o meu carro, como se fosse uma criminosa pois corro o risco de ser mandada parar pela PSP e ficar sem o carro na hora!

Como pode um cidadão honesto e cumpridor dos seus deveres se defender perante tais atrocidades????

Tenho que contratar um advogado???

Tenho que chamar a SIC, TVI e o CM????

Tenho uma revolta muito grande!

Acho uma injustiça ter de pagar uma divida que não é minha e parece-me que é uma clara violação dos direitos mais básicos de qualquer cidadão!

10 comentários

Comentar post