Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Redemption

Muito sobre nada! Ou nada sobre muito! Depende sempre da perspectiva de quem lê!!!!

Redemption

"O Prisioneiro do Céu"

O Prisioneiro do Céu

de Carlos Ruiz Zafón

Edição/reimpressão:2012
Páginas: 400
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896573003
Idioma: Português
 
Sinopse
Barcelona, 1957. Daniel Sempere e o amigo Fermín, os heróis de A Sombra do Vento, regressam à aventura, para enfrentar o maior desafio das suas vidas. Quando tudo lhes começava a sorrir, uma inquietante personagem visita a livraria de Sempere e ameaça revelar um terrível segredo, enterrado há duas décadas na obscura memória da cidade. Ao conhecer a verdade, Daniel vai concluir que o seu destino o arrasta inexoravelmente a confrontar-se com a maior das sombras: a que está a crescer dentro de si.

Transbordante de intriga e de emoção, O Prisioneiro do Céu é um romance magistral, que o vai emocionar como da primeira vez, onde os fios de A Sombra do Vento e de O Jogo do Anjo convergem através do feitiço da literatura e nos conduzem ao enigma que se esconde no coração de o Cemitério dos Livros Esquecidos.
 
A minha opinião:
 

Tenho uma confissão a fazer…li o “Prisioneiro do Céu” antes do “Jogo do Anjo”!!!

Por isso senti que a personagem David Martin tinha caído ali de pára-quedas e só depois com a leitura do “Jogo do Anjo” é que entendi!

Apesar de mais uma vez a personagem principal ser o Daniel Sempere, a história faz-nos uma viagem pelas vidas passadas de algumas personagens.

A que mais gostei foi a do Fermín, com o seu duro e misterioso passado, e que esteve preso numa das piores prisões de Barcelona no período da Guerra e foi aí que ele conheceu David Martin.

Mas além de nos levar para o passado, também nos relata os problemas pessoais do Daniel, e o que mais me prendeu neste livro foi que o Daniel não deixou de procurar saber sobre o passado dos amigos para entender melhor o mistério em volta de certos acontecimentos, mas também continuou tendo conflitos e problemas do dia-a-dia, quando descobre um suposto segredo sobre a esposa. Muito resultado da sua inexperiência sobre a vida e do seu jeito impulsivo para resolver as situações em que se mete!

Mas este livro soube a pouco…e depois com a leitura do “Jogo do Anjo” também não veio ajudar grande coisa….é que eu gostei muito da personagem David Martin….e agora pensando nele…preso naquela prisão, louco, às mãos daquele lunático, e sem saber o que é feito dele, deixa-me com uma angustia terrível!!!!

É que todas as outras personagens tiveram um fim (bom ou mau), outras continuam vivendo e sabemos como, mas não sabemos qual é o propósito do David Martim e do seu livro!

Mas no geral, adoro a maneira do Zafón contar histórias, a maneira como prende o leitor a uma série de personagens principais e secundárias, levando-nos sempre a querer saber mais!

Venha o próximo!

 Este livro foi lido em conjunto com:a Magda do blog Stone Art , a Pandora, do Blog Estórias na Caixa da Pandora, a JP do Blog O Mundo pela minha lente, a M* do blog Um Mar de Pensamentos , a Nathy do Blog Desabafos da Nathy  e a Just do Blog Just Smile.