Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Redemption

Muito sobre nada! Ou nada sobre muito! Depende sempre da perspectiva de quem lê!!!!

Redemption

Feeling empty

É assim que me sinto em relação ao meu blog!

Vazia...vazia de ideias...de palavras...de sentimentos....de partilha! 

Bem sei que é uma fase e que em breve vou querer regressar em força!

De certeza que quase todos que me leem já passaram pelo mesmo..."been there...done that"!

Costumam chamar a estes meses de julho e agosto a "silly season" e a mim este termo cabe que nem uma luva!

Também eu estou  em modo de "silly season" e tenho que cá para mim vai durar o verão todo!

Até lá façam o favor de serem felizes!

 

Being in love

Reencontramo-nos ao fim de quase 3 meses.

Foi tão bom! 

Continua tudo lá...o amor...a cumplicidade...o carinho...a atração...o desejo!

E aquela saudade imensa, aquele aperto no coração desapareceu!

Vamos aproveitar que o Mini Me vai estar a a acampar com os Scouts este fim de semana, para irmos passear até à praia...de mota! 

Estou com umas saudades imensas de ver o mar, de sentir a areia sob os meus pés! 

De passear de mão dada, partilhar-mos um gelado!

É bom sentir que mais de uma década depois os sentimentos estão todos cá, alguns diferentes mas outros muitos fortalecidos! 

 

Como devo reagir?

Ontem quando chego a casa tinha uma carta do Programa de Rastreio do Cancro da Mama.

Para aí à 1 mês fui fazer a mamografia. mandaram-me embora e nunca mais pensei no assunto!

Recebo agora esta carta...

20170310_083439.jpg

Devo entrar em pânico ou isto será carta standard para todas as que fizeram o rastreio???

Dia 16 vou ao IPO do Porto para a consulta.

Neste momento oscilo entre um temor profundo que algo deve estar errado e uma sensação de falsa calma, pois até ir lá NÃO DEVO NEM QUERO fazer filmes!

Agora só me resta esperar pelo dia!

Há mais para dizer?

Haver há...mas esta vontade de contrariar este sentimento de felicidade...quando nós somos a nossa pior inimiga...quando temos tudo para ser feliz mas nunca estamos satisfeitos..

Odeio odiar-me...odeio ter tido um domingo tão bom ao lado de quem mais amo e com quero e me vejo a envelhecer e ter este sentimento de insatisfação pessoal comprimido no meu peito!

Este sentimento de insatisfação é tão mas tão intimo. É insatisfação comigo propria. Por não ser quem desejava ser ou quem os outros desejavam que eu fosse!

Desde miuda que imaginava e desejava ter um fecho eclair à minnha volta e quando o abrisse saia de lá uma de mim mais bonita e magra. Uma pessoa mais desejável.

Mas fui e sou preguiçosa demais para o contrariar, sou desleixada demais para o combater! É bem mais fácil sucumbir ao sentimento e ter pena de mim!

Mas descobri que sou óptima na arte do disfarce, em camuflar os meus sentimentos. Quem me vê diz, ela é uma mulher forte, nada a abala.

Soubessem eles a dor em meu peito, o que ele cala e enterra para bem fundo.

Para quando a expulsão? Tenho consciência que mais cedo ou mais tarde esta merda vai rebentar. E vai fazer estragos!

Até lá...invento sorrisos e forjo forças!