Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Redemption

Muito sobre nada! Ou nada sobre muito! Depende sempre da perspectiva de quem lê!!!!

Redemption

E se de repente...

Ontem, à hora do coffee break, uma colega/amiga, veio muito a medo dizer que queria falar comigo. Que precisava do meu conselho!

Pergunta-me ela sobre o que eu achava dos casais que praticam o swing, o que eu acharia se o meu marido me viesse com essa ideia, para apimentar a relação! 

Bom, em primeiro lugar, se o meu marido viesse com essa conversa, eu gostaria que ele me explicasse o porquê dessa necessidade. Se era porque não estava satisfeito com a nossa vida sexual, se estava farto de ver sempre a minha cara!, se era porque queria diversidade.

Não iria achar piada à conversa (piada é um termo muito ligeiro, para aquilo que iria realmente sentir), pois não imagino o meu marido com outra pessoa, muito menos eu a vê-lo com outra pessoa, nem eu me imagino com outra pessoa que não ele!

Não tem a ver com a posse (mas ao mesmo tempo tem), mas acredito na monogamia, da fidelidade e o swing é o contrario disso, pode até ser infidelidade consentida, mas não entra no meu dicionário do AMOR.

Por isso a minha resposta a ela foi um redondo não! Eu não alinharia em swing!

Mas que ela poderia alinhar caso assim o entendesse, se ela achava boa ideia essa experiencia a dois, se iria fortalecer (????) a relação deles, porque não??

Cada um é livre de viver a sua vida como bem entende. 

Pessoalmente não iria reagir bem a tal proposta e iria colocar determinadas coisas que tenho como certas em perspetiva.

E vocês como reagiriam a uma proposta destas do vosso mais que tudo?

imagem retirada da internet

 

9 comentários

Comentar post