Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Redemption

Muito sobre nada! Ou nada sobre muito! Depende sempre da perspectiva de quem lê!!!!

Redemption

Factos curiosos sobre o mundo em que vivemos ou desbloqueadores de conversa #2

Hoje resolvi dedicar todo o post a um fenómeno que ataca toda e qualquer criatura à face da terra! 

Ninguém está livre dele, e quem o nega está a mentir à descarada! 

Por isso, senhores e senhoras, espantem-se e rejubilem-se porque hoje vamos aprender tudo o que há para aprender, e que nunca tivemos coragem de perguntar sobre .....(rufar dos tambores please....) os PEIDOS!

É desta que o meu blog alcança o Olimpio dos Deuses Blogueiros !

 

  1. O que é o peido?

Peidos são causados por ar aprisionado. Esse ar pode vir de diversas fontes. Por exemplo, ar que engolimos ao mastigar ou beber. Um pouco desse ar é causado por gás que penetra os nossos intestinos a partir do nosso sangue, e um pouco de gás é produzido por reacções químicas nos nossos intestinos ou bactérias que vivem lá.

Um peido típico é composto por cerca de 59% de azoto, 21% de hidrogénio, 9% de dióxido de carbono, 7% de metano e 4% de oxigénio. Apenas cerca de 1% é gás sulfídrico e mercaptanos, que contêm enxofre – e é o enxofre que causa mau cheiro.

Peidos fazem som quando escapam devido às vibrações do reto. A altura deste som pode variar dependendo da quantidade de pressão por trás do gás, bem como o aperto dos músculos do esfíncter.

imagem retirada da internet

 

  1. Porque é que alguns peidos cheiram tão mal?

Quanto mais rica em enxofre for a tua dieta, mais os teus peidos vão feder. Alguns alimentos contêm mais enxofre do que os outros, e é por isso que comer coisas como feijão, repolho, queijo, refrigerantes e ovos pode causar gases terríveis.

imagem retirada da internet

 

  1. Soltamos cerca de 14 peidos por dia

A pessoa média produz cerca de meio litro de peido a cada dia, e mesmo que muitas mulheres não admitam, elas soltam gases tão frequentemente quanto os homens. Aliás, um estudo mostrou que, quando os homens e as mulheres comem exatamente a mesma coisa, elas tendem a ter mais gás concentrado do que os homens. Se uma pessoa peidasse constantemente durante 6 anos e 9 meses, iria produzir gases com energia equivalente à de uma bomba atómica.

imagem retirada da internet

 

  1. Peidos já foram cronometrados a uma velocidade de 3 metros por segundo

Embora os peidos saiam a diferentes velocidades, nós normalmente não os cheiramos por cerca de 10 a 15 segundos depois que eles são libertados. Isso é porque leva muito tempo para o odor alcançar as nossas narinas.

imagem retirada da internet

 

  1. Segurar peido pode ser mau para a saúde

Os médicos discordam quanto a se segurar ou não um peido faz mal para a saúde. Alguns especialistas pensam que peidos são uma parte natural do nosso sistema digestivo, então mantê-los não vai prejudicá-lo. Outros pensam que, na melhor das hipóteses, segurar um peido pode causar gases, inchaço e outros sintomas desconfortáveis, e, na pior, pode causar hemorróidas ou intestino distendido.

imagem retirada da internet

 

  1. Algumas culturas não acham peidar em público desagradável

Enquanto a maioria das culturas sente que peidos devem ser suprimidos de forma educada na frente de outras pessoas, algumas não só não se importam com isso, como realmente apreciam a atitude. Uma tribo indígena da América do Sul chamada Yanomami usa o peido como saudação, e na China é possível conseguir um emprego como “cheirador de peidos” profissional. Na Roma antiga, o imperador Cláudio, temendo que segurar peidos fosse prejudicial à saúde, aprovou uma lei declarando que era aceitável soltar peidos em banquetes.

imagem retirada da internet

 

  1. Peidos podem ser inflamáveis

O metano e hidrogénio em peidos produzidos por bactérias tornam o gás altamente inflamável. É por isso que algumas pessoas pensam que é divertido segurar um isqueiro perto do rabiosque e soltar um peido, o que pode produzir uma explosão de fogo – isto é obviamente muito perigoso. Em casos raros, a acumulação de gases inflamáveis nos intestinos podem causar explosões durante cirurgias intestinais.

imagem retirada da internet

 

  1. O animal que mais se “peida” é a térmita

É difícil acreditar que a pequena térmita é responsável por uma grande parte do nosso problema de aquecimento global no planeta. Térmitas peidam-se mais que qualquer outro animal, o que produz gás metano. De acordo com a Agência de Proteção Ambiental, “as emissões globais de metano devido a térmitas são estimadas entre 2 e 22 Tg por ano, tornando-se a segunda maior fonte natural de emissões de metano”. O gás é produzido como parte de processo digestivo normal do bichinho.

imagem retirada da internet

 

  1. Mesmo que segures um peido o dia todo, ele sairá enquanto dormes

Mesmo se apertares e segurares o peido o dia todo, o gás vai escapar quando relaxares. E o que é mais relaxante do que dormir?

imagem retirada da internet

 

  1. Até depois de mortos nos peidamos

Não conseguimos segurar peidos nem depois de mortos. Até três horas após o corpo se desligar, continuam a escapar gases de ambas as extremidades do tubo digestivo, resultando em arrotos ou peidos. Este fenómeno é devido a músculos que se contraem e se expandem antes do cadáver entrar em rigor mortis (estado de endurecimento).

imagem retirada da internet

 (haters gonna hate)

 (TEXTO RETIRADO DAQUI)

Factos curiosos sobre o mundo em que vivemos ou desbloqueadores de conversa #1

Aqui vão elas…

 

Sabia que?

1. A Mona Lisa não tem sobrancelhas.

imagem retirada da internet

 

2. Os bebés bocejam antes de nascerem.

imagem retirada da internet

 

3. Mais de 480 milhões de pessoas já jogaram Monopólio.

imagem retirada da internet

 

4. O coração tem o tamanho aproximado da mão fechada.

imagem retirada da internet

 

5. A poeira pode viajar desde África até ao Estados Unidos da América.

imagem retirada da internet

E prontos, é agora que o meu blog vai descolar para o infinito e mais além! 

Amanhã há mais!

 

Estou farta desta cepa torta!

Estou farta desta cepa torta…quero ser uma bloger xpto, supê conhecida, dar-me com gente fachion e ser convidada para todo o lado.

Por isso resolvi arriscar e sair da minha zona de conforto e avançar para temas que eu sei são do interesse geral e sempre suscitaram dúvidas a vocês criaturas.

Como sei que esta rubrica dá pano para mangas, vou dividi-la, e diariamente (ou quase) vou lançando novos dados.

É verdade, esta rubrica também funciona como um excelente desbloqueador de conversas, tipo, quando encontramos os vizinhos no elevador, ou quando encontramos o nosso chefe. Assim, nunca ficamos sem dizer nada! (eu sei…não precisam de me agradecer)

Não percam, num post imediatamente a seguir revelaremos dados extremamente importantes e desconhecidos!

Comer, dormir, fazer sexo: a melhor hora, segundo a idade

“Um especialista do sono explicou quais são as melhores alturas do dia para comer, dormir ou fazer sexo de acordo com a sua idade.

Andamos a seguir os horários errados no nosso quotidiano. É o que defende Paul Kelley, um especialista do sono da Universidade de Oxford que já tinha alertado vários empresas e escolas do perigo de contrariar os horários naturais do corpo humano.

As consequências são muitas: ficamos cansados mais cedo, o rendimento diminui e a saúde começa a deteriorar-se mais depressa. Mas afinal, para que horas devemos marcar os nossos despertadores? O Daily Mail fez esta pergunta a Paul Kelley e o cientista determinou as melhores agendas a seguir entre os 20 e os 70 anos.” (ver texto completo aqui)

 

Este seria o meu horário de sonho:

 

Queria acordar como se tivesse 20 anos

 

Ir trabalhar como se tivesse 30 anos

 

Acabar o trabalho como se tivesse 40 anos

 

Ir dormir como se tivesse 50 anos

 

Socializar como se tivesse 60 anos

 

E fazer sexo como se tivesse 70 anos