Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Redemption

Muito sobre nada! Ou nada sobre muito! Depende sempre da perspectiva de quem lê!!!!

Redemption

Saldo negativo

O final do dia foi muito complicado.

Cheguei a casa relativamente cedo e ainda tive tempo para 15m de crossfit caseiro acompanhada pelo Mini me.

A partir do momento em que fui para a cozinha preparar o jantar fui sendo invadida por uma raiva, por um ódio, que só me apetecia bater com os tachos e partir a louça toda!

Tentei guardar essa raiva toda dentro de mim, rangi os dentes e continuei na minha lida doméstica.

Chega o C. a casa também mal disposto!

Jantamos, mas mal nos falamos!

Claro que depois do jantar e do Mini me já deitado desabei por ali abaixo!

Chorei chorei chorei, esconjurei da minha vida!

Da minha fraqueza, da minha falta de amor próprio, de nunca levar um objetivo até ao fim, de desistir mil e uma vezes, da minha ligeireza com que levo a vida!

Eu sei, não é desculpa, mas a privação do açúcar é terrível!

Comecei a dieta na 2.ª e na 3.ª, 4.ª e 5.º estive com enxaquecas!!!

Como muito menos do que comia, cortei radicalmente com o açúcar!

Mas esqueço-me muito facilmente que a minha fome foi sempre emocional! Nunca comi porque sentia fome! Comia porque sentia que com os alimentos calóricos preenchia um vazio.

Mas o que não compreendo é o porquê desse vazio! Tenho um marido lindo que me ama e que eu amo, um filho que sempre desejei, uma família sempre pronta a ajudar-me, um trabalho, casa, carro, dinheiro para pequenos luxos!!!!!

O QUE RAIO ME FALTA????

Talvez um parafuso! Não sei! Teria que vasculhar mais fundo no meu ser, tentar saber em que momento aquele vazio se instalou!

Mas pronto, hoje já acordei muito melhor e só espero não ter muitas mais crises daquelas!

Logo à noite vamos sair os dois para irmos ao concerto dos Arch Enemy no Hard Cub,  vamos namorar à beira rio, e tudo vai correr bem! (escutaste???? Vai tudo correr bem!!!!)

 

 

BOM FIM DE SEMANA!

Feelings.....

Terminei o 3.º dia da dieta e não vou negar...it´s hard!!!!!

O corpo implora por  porcarias  calóricas! Como não lhe damos o que ele quer, ele vinga-se e faz-nos ficar irritadiças e impacientes! 

Faz-nos responder mal aos nossos filhos e ao marido, aos colegas e amigos! 

Faz-nos duvidar da nossa capacidade de resistir!

Faz ecoar pelo nosso cérebro: "És fraca! Não tens força suficiente para me vencer! Tu sabes o que eu quero porque é o que tu queres também! Fraca!!!!".

Mas mantemos-nos firmes, vamos ludibriando o cérebro, vamos-nos convencendo que é por uma causa maior! 

Que queres ver o teu filho tornar-se num homem! 

Que queres envelhecer ao lado do maridão!

Que queres ver os teus netos!

Que não preciso de cérebro se estiver morta!

Que a obesidade mata e muito!

Vá, respira fundo, TU consegues!

imagem retirada da internet

 

Pérolas da língua portuguesa #3

A pedido de várias familias, sim porque hoje comemora-se o dia Mundial da Família, aqui vão mais umas pérolas da minha esteticista.

Digo pérolas porque numa única frase foram 3 de seguida….sem direito a respirar entre elas! Nada de inspira e expira…ela só pratica o expira pérolas!

A respeito da ExpoCosmética que se realizou em abril, conta-me ela:

 

Foi uma loucura querida, fiz de tudo um pouco, meteram-me umas coisas no cabelo tipo pandoria, depois fui maquilhada e ensinaram-me a usar o bleiche e por fim ainda me meteram uma piruca feita de cabelo humano!”

 

 

O rescaldo do fim de semana

"E assim terminou mais um fim-de-semana!"

Este poderá ser o futuro final deste post, mas entre o começar e o terminar quem sabe o destino que lhe vou dar!

 

Tudo começou numa sexta feira chuvosa, daquele tipo de chuva miudinha que irrita e molha mesmo.

Amigos e familia a chegar, um corrupio de risadas e boa disposição.

Amigos e família a sair, vamos visitar este e aquele monumento, as crianças sempre a correr, a chuva que irrita!

Amigos e família recolhidos outra vez em casa.

 

E assim chegou o sábado e a chuva que irrita desapareceu e deu lugar a um sol radioso e quente!

Amigos e família a sair, vamos visitar este e aquele local, as crianças sempre a correr, o sol que nos aquece.

Amigos e família cansados mas felizes recolhem mais uma vez a casa.

 

E assim chegou o domingo e a chuva que irrita voltou a aparecer.

Amigos e família a sair, todos bonitos e bem arranjados a caminho da igreja, fotos, beijos e abraços, risadas e muita boa disposição.

Amigos e família felizes recolhem pela última vez a casa, a chuva que irrita teima em não parar.

Começa a despedida e o corrupio da saída. Agora vão uns, depois outros e a seguir a casa volta a ficar vazia!

 

E assim terminou mais um fim-de-semana!

(eu sei…a minha veia criativa está pela hora da morte e que este post mais parece um boletim metereológico, mas depois de um fim-de-semana destes outra coisa não seria de esperar)